Últimas



Polícia prende suspeito de matar marchante e pede ajuda para achar foragidos


Suspeito foi preso nesta terça-feira (11) no Bairro Matadouro em Propriá,                                       


A Polícia Civil realizou na manhã desta terça-feira (11) uma operação contra suspeitos de um latrocínio no município de Neópolis (SE). O crime aconteceu em 30 de janeiro deste ano e vitimou o marchante Hélio Roberto Alves.                                                                                                

A operação foi realizada por cerca de 30 policiais civis das delegacias de Neópolis, Propriá, Pacatuba, Cedro de São João e do Grupamento Especial de Repressão e Busca (Gerb). O objetivo era cumprir cinco mandados de prisão e outros cinco de busca e apreensão.                                 

De acordo com o delegado Thiago Lustosa, um homem de 23 anos foi preso nesta manhã no Bairro Matadouro em Propriá. A polícia não conseguiu encontrar os outros quatro suspeitos, que já são considerados foragidos e as buscas por eles continuam.                                                                         

 Denúncia                                                                                                                                              

A Secretaria de Estado da Segurança Pública (SSP) divulgou a foto dos foragidos e pediu que quem souber do paradeiro deles que informe, de forma anônima, através do Disque-Denúncia 181 ou pelo 190, no Centro Integrado de Operações de Segurança Pública (Ciosp).
                                                               

Entenda o caso

No início da tarde do dia 30 de janeiro deste ano, o Instituto Médico Legal (IML) enviou uma equipe para recolher o corpo do marchante Hélio Roberto Alves, de 58 anos, no Hospital Regional de Propriá. Na época, o 2º Batalhão da Polícia Militar informou que ele atingido por disparos de arma de fogo quando retornava da feira do município de Brejo Grande.                                                            

 O crime ocorreu na estrada do Povoado Pindoba em Neópolis. Dois carros com homens armados aproximaram-se do veículo onde estavam a vítima e o filho dele e pediram para parar. Como eles não atenderam à ordem dos suspeitos, um dos criminosos atirou e atingiu o marchante com dois tiros na cabeça.                                                                                                                                    

 Na tentativa de salvar o pai, o rapaz continuou dirigindo até o Hospital Regional de Propriá, mas ele já chegou na unidade sem vida. Hélio Roberto Alves era natural de Cedro de São João e vendia carne de sol na feira de Brejo Grande às segundas-feiras.

Fonte: G1-SE
11/04/2017

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Web Rádio Extreme Procity

Traduzido Por: Mais Template - Designed: Blogger Templates - Curioso Curiosidades